Podcast: Mulheres com mais de 50 anos estão mais que nunca prontas para o mercado de trabalho

Com o aumento da expectativa de vida e a reforma da previdência, ao invés de aposentar, pessoas acima de 50 anos procuram novos rumos para carreira e até recolocação no mercado de trabalho. E isso tem aumentado. Segundo o último relatório do IBGE, até a década de 1980, a população brasileira tinha o aspecto de uma pirâmide: muito mais jovens do que idosos. As projeções do IBGE para 2060 indicam que começaremos a ver um funil etário, ou seja, mais idosos do que jovens.

Aproveitar e reintegrar a mulher acima dos 50 anos no mercado de trabalho pode render resultados absolutos” afirma a cocha em performance feminina

Tatá Marques e Mônica Fernandes

Para uma mulher acima de 50 anos, uma carreira com essa idade, tem cunho econômico ou de realização pessoal. Segundo a escritora e motivadora de mulheres, Mônica Fernandes, que também é coach de performance feminina, “quase 30 milhões de brasileiras são as “chefes de família”, sendo responsáveis pelo sustento do lar”.

Para ela, as mulheres lutaram muito por este direito e, por sua condição da natureza feminina, imprimem em seu trabalho, paixão, dedicação e ótimo gerenciamento de pessoas. “Pesquisas apontam que chefias femininas tem maior índice de produtividade e satisfação entre os colaboradores, toda mulher é uma líder nata, humana e eficaz”, completa Mônica.

Por THAYSSA MALLUFF


ADULTO CONFIANTE, CRIANÇA SEGURA!

Enfim chegou aquela hora que deixa tanto crianças como adultos com frio na barriga: o primeiro dia de aula. Para as crianças, esse sempre será um momento marcante, afinal, é uma das primeiras experiências longe de casa e da família. Para os pais, por outro lado, pode ser um momento de muita angústia, pois se preocupam com o preparo do filho para o primeiro dia de aula. Como fazer com que esse passo importante seja dado com tranquilidade, segurança e sem traumas?

Para isso ouça a entrevista do Café com a Psicopedagoga Daniela Xavier.

Por Thayssa Maluff


PSICÓLOGOS NAS ESCOLAS! ENTENDA!

Congresso derruba veto de Bolsonaro e escolas públicas terão psicólogos.

Os sistemas de ensino terão um ano para se adequar ao atendimento após a publicação da lei.
O Congresso derrubou final de novembro o veto do presidente Jair Bolsonaro à lei que obriga escolas públicas a contar com profissionais de psicologia e de assistência social. Com a decisão, volta a valer o texto do ex-deputado José Carlos Elias (PTB) aprovado pelo plenário da Câmara em setembro. A nova norma foi promulgada pela Presidência da República em 12 de dezembro de 2019.
O texto determina que o Poder Público assegure atendimento psicológico e de assistência social aos alunos da rede pública de educação básica.

A Professora Norma Cósmo é Mestre em Educação e Conselheira do Conselho Federal de Psicologia pelo Mato Grosso do Sul e esteve em nosso estúdio para orientar os fãs da Blink102 como esse processo irá ocorrer.

O serviço deve ser prestado por psicólogos vinculados ao SUS e por assistentes sociais vinculados aos serviços públicos de assistência social. Ainda prevê que os sistemas de ensino, se adequem no período de um ano para ao atendimento, após a publicação da lei. À época, o governo alegou que o veto ia ao encontro do posicionamento dos ministérios da Educação e da Saúde que eram contra a obrigatoriedade do atendimento por criar despesas sem indicar fonte de receita e impactos orçamentários.

O fim do veto foi comemorado por parlamentares e especialistas ligados à promoção de direitos de crianças e adolescentes.

Escrito Por
Thayssa Maluff


#CAFÉCOMBLINK PODCAST: ESSA COISA DE DESISTIR, AQUI NÃO EXISTE!

Lucas Pacini e seus desafios do dia-a-dia.

Ele é cadeirante hoje está no 6° ano de Medicina e compartilhou no Café com Blink os desafios que é fazer um curso universitário que proporcionou a ele diversos desafios vencidos;

Lucas Guilherme Vieira Pacini é interno do 6º ano de Medicina. Atualmente, sua rotina é de plantões e ambulatórios diários, pouquíssimo tempo em casa e quase nada na faculdade.

É em hospitais e postos de saúde que ele tem aprendido a profissão na prática.

Agora Lucas tem um objetivo para poder continuar com seus estudos e tornar-se um grande médico psiquiatra.

Ele nasceu com uma má formação na medula (mielomeningocele) e é cadeirante desde que se entende por gente.

Esse Curso de medicina que ele faz é (FIES 100%) em Campo Grande graças a sua dedicação e de sua família.

O que o Lucas precisa?

Comprar um novo veículo para poder continuar seu deslocamento até a faculdade.

Sabe aquele papo de desistir? Então, Lucas não sabe o que é isso!

Ele disse que “Já alcancei muitas coisas para desistir no meio do caminho”.

Quer ajudar o Lucas?

Através desse Link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/carro-adaptado-pro-lucas-pacini

Siga também o Lucas Pacini nas redes sociais: @lucasguipacini e @panedonni.cg

Escrito Por
Thayssa Maluff


MELHORE SUAS VENDAS!

Eduardo Karmouche no Estúdio da Blink102


CARNE SUÍNA É BOA?

Carnes suína e de frango acompanham alta nos preços do boi gordo.

Esse aumento, o maior em 2 anos, foi puxado pelo crescimento das exportações, principalmente para China, que enfrenta um surto de peste suína africana.
Esse também foi o tema da nossa entrevista de hoje com o Auditor Fiscal Federal Agropecuário, o Médico Veterinário Jamil Manoel Leal Filho que falou sobre o que é a peste suína africana e como é feito o controle sanitário da Produção de suínos no Brasil.
No caso da carne suína, as vendas brasileiras para o exterior movimentaram US$ 149 milhões em novembro, 42% a mais que no mesmo período do ano passado.

Já a carne de frango teve exportadas mais de 59 mil toneladas para a China que corresponde 61% na comparação com o mesmo mês de 2018.

Escrito Por
Thayssa Maluff


Ele trocou carreira na engenharia por projeto que recolhe lixo pela cidade

Günther faz coleta de lixo orgânico, de bicicleta, e depois devolve aos clientes 1 quilo de adubo ou mudinhas de plantas.

Desde pequeno, o Engenheiro Günther Medeiros Frantz foi ensinado a valorizar o meio ambiente. Ele lembra como o pai fazia questão de catar qualquer lixo que encontrasse fora do lugar, para jogar nos locais adequados. Formado em Engenharia Civil, aos 28 anos, o jovem queria achar uma ocupação que fizesse alguma diferença para a sociedade e para o planeta.

Ouça a entrevista de Günther e conheça o @ecobalde.

Instagram: @ecobalde / Contato: 67 99292-9048


SEDENTARISMO! SAIA DESSA!

Entrevista com a atleta Thaís Gisele, ela que concluiu o Iron Man 2019 no Rio de Janeiro. Foram 90 km de bike, 1.900 metros de natação e 21 km de corrida no total de 70.3 milhas.
Ela saiu do sedentarismo e em 20 meses conseguiu esse feito e afirma: “No final do duelo, o que temos que mostrar para o nosso cérebro é QUEM É QUE MANDA!!!! A Vitória desse duelo mental está em nossas mãos!”

PorThayssa Maluff


PODCAST: QUANTOS PÁSSAROS VOCÊ JÁ VIU HOJE?

Entrevista com Bruno Wendling, Turismólogo, Diretor-Presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS) é especialista em Ecoturismo, Planejamento e Interpretação em Áreas Naturais pela Universidade Federal de Lavras (UFLA) e possui curso de Extensão em Gestão Pública de Turismo pela Rede de Inovação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Ele já trabalhou como técnico na Fundtur-MS e no Ministério do Turismo e comandou a Secretaria de Turismo de Cairú/Morro de São Paulo, na Bahia.

Atualmente foi eleito Presidente do Fornatur (Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo).

Órgão responsável por traçar os rumos do turismo no Brasil junto do Ministério do Turismo e Embratur.

Bruno Wendling também disse que entre as estratégias para 2020 está o birdwatching (observação de aves), já que o Estado tem muito potencial ainda inexplorado.

Escrito Por
Thayssa Maluff