“Meu pai disse ao meu irmão que se ele recebesse outra ligação da professora de física reclamando, ele iria junto em sua aula… e ele recebeu outra ligação!”, disse a irmã do garoto.

Lidar com crianças, especialmente adolescentes, pode ser uma tarefa difícil para os adultos. É que alguns podem ter uma personalidade difícil e todos são naturalmente inquietos. É por isso que ser pai é um trabalho complicado assim como ser professor, afinal você está tentando administrar jovens que não são seus filhos.

Não consigo imaginar a frustração de uma professora que tem que aturar adolescentes fazendo barulho na sala de aula todos os dias, às vezes sem controle. Deve ser desesperador e exaustivo.

Quando o pai de Brad continuou recebendo e-mails e chamadas de seu professor de física reclamando sobre seu barulho e desordem na sala de aula, tomou medidas sobre a situação.

Então o pastor de Rockwall, Texas, Estados Unidos, disse a seu filho que se ele não parasse seu mau comportamento na aula, ele teria que acompanhá-lo e sentar ao lado dele na escola.

Bem, digamos que o jovem de 17 anos não levou o aviso tão a sério. Mas ele definitivamente deveria, porque seu pai é aparentemente um homem de palavra e ele não gosta de piadas.

A irmã de Brad, Molli, compartilhou no Twitter uma captura de mensagem de texto, na qual seu pai é visto sentado ao lado de Brad enquanto o jovem fazia o dever de casa. O pai aproveitou a oportunidade para tirar uma selfie e, de passagem, fazê-lo passar um pouco de vergonha.

“Meu pai disse ao meu irmão que se ele recebesse outra ligação da professora de física reclamando, ele iria se sentar em sua sala de aula … ele recebeu outra ligação”, escreveu a menina.

Tradução feita pelo site CONTI outra, do original de UPSOCL