Caso Henry Borel: Dr. Jairinho e mãe do menino são presos pela Polícia Civil

Assista ao momento em que casal chega na delegacia da Barra da Tijuca, no Rio

https://www.youtube.com/watch?v=-nY42SE1V08

Um mês após a morte do menino Henry Borel, a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro prendeu na manhã desta quinta-feira (08.abr) o vereador carioca Dr. Jairinho (Solidariedade) e a mãe Monique Medeiros.

O casal é suspeito de atrapalhar as investigações da morte do menino e de ameaçar testemunhas para combinar versões. Os mandados de prisão do casal foram expedidos na quarta-feira (7.mar) pelo 2º Tribunal do Juri da Capital.

Dr. Jairinho e Monique ficaram presos de forma temporária por 30 dias. Os investigadores do 16º Distrito Policial da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, apontam que o menino foi assassinado.

Os detalhes das agressões, da tortura e da personalidade do vereador Dr Jairinho, e a conivência da mãe Monique, serão reveladas em uma coletiva às 11h.

SBT News