Secretário confirma que MS não vai receber as três milhões de doses da Janssen

A informação foi confirmada nesta manhã (10) pelo secretário de Saúde, Geraldo Resende

Mato Grosso do Sul não vai receber as três milhões de doses da vacina da Janssen solicitadas na última terça-feira (8) pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul (Cosems/MS). A informação foi confirmada nesta manhã (10) pelo secretário de Saúde, Geraldo Resende.

“Infelizmente esse quantitativo já havia sido encaminhado para os Estados do Brasil. Todas as localidades já haviam feito um planejamento para aplicação das doses nos municípios. É praticamente impossível reverter essa situação e por isso não vamos receber o quantitativo em MS”, destaca.

Resende ainda destaca que foi feito um pedido ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em relação a atenção as cidades que fazem fronteira. “Levamos ao ministro nossa preocupação principalmente dos municípíos fronteiriços. Queremos acreditar que podemos ter um quantitativo suficiente para imunizar a população e contamos com o apoio dos senadores Nelsinho Trad (PSD), Simone Tebet (PMDB) e Soraya Thronicke (PSL)”, afirma.

Entenda – O Cosems/MS solicitou o lote com 3 milhões de doses do imunizante que deverá chegar ao Brasil na próxima semana, quando estará perto do prazo de validade, que é 27 de junho. Desta forma, o país vai ter de 10 a 14 dias para distribuir e aplicar as vacinas.

Caso autorizasse, o Estado teria que vacinar a população em tempo recorde, já que o imunizante possui um prazo curto de validade. "Temos uma ótima logística e um grande desempenho na aplicação das vacinas que é demostrada pelo percentual de 96,67 das vacinas recebida aplicadas o que nos qualifica para assumirmos o compromisso em receber, distribuir e aplicar essas vacinas em cinco dias", dizia a nota.

Fonte: jornal "A Crítica"


Investimento do Governo vai integrar região e permitir escoamento pela Rota Bioceânica

Acompanhado do presidente da Sanesul, Walter Carneiro Jr., o governador Reinaldo Azambuja vistoriou obras na área de saneamento

Em Guia Lopes da Laguna, nesta quinta-feira (11), o governador Reinaldo Azambuja autorizou investimentos na rodovia MS-382 que somam R$ 226 milhões e que encurtarão as distâncias entre os polos de produção, potencializando agronegócio e turismo.

Ele deu ordem de serviço para implantação de 87,58 quilômetros de asfalto entre a BR-060/Guia Lopes da Laguna e a MS-270/Ponta Porã e autorizou a restauração de mais 91,4 quilômetros da rodovia.

"Vamos levar a interiorização. Sair de Guia Lopes da Laguna, Antonio João, Cabeceira do Apa, Ponta Porã. Integrar toda aquela região, Itahum, Dourados, para descer as riquezas e também levar pelos portos de Porto Murtinho e pela Rota Bioceânica", afirmou Reinaldo Azambuja.

O prefeito Jair Scapini afirmou que o investimento é histórico. "Hoje está acontecendo uma coisa histórica para Guia Lopes da Laguna. Recebemos vários investimentos. Há quatro anos, o governo lançou a ponte para substituir a que caiu. Guia Lopes não tinha nenhuma ponte de concreto. Hoje tem seis. Esse asfalto foi pedido há muito tempo e o governo Reinaldo proporcionou".

O governador também fez questão de ver de perto a obra do Avançar Cidades: execução de 54.994 metros de rede coletora de esgoto, com 2.264 ligações domiciliares de esgoto, três estações elevatórias e 1.832m de linha de recalque. O investimento é de R$ 7,9 milhões.

Ele ainda visitou o Frigorífico Brasil Global, que está sendo beneficiado por obra de pavimentação asfáltica e drenagem, no valor de R$ 1,3 milhão. O investimento vai ao encontro das exigências de sanidade para permitir a exportação de carne.

Para o secretário de Governo Eduardo Ridel, os investimentos transformam toda a região sudoeste. "É um novo eixo para nosso sudoeste, um novo canal para o desenvolvimento do Estado que tem recebido investimentos que transformam Mato Grosso do Sul", ponderou. O secretário ressaltou também as entregas que o Governo fez nos municípios de Costa Rica e Porto Murtinho, na quarta-feira (10). "O governo começou com este enfoque deste 2015, em pensar o Estado de uma maneira diferente", completou.

Jardim

Reinaldo Azambuja também foi a Jardim e recebeu elogios por conta dos investimentos em asfalto no bairro Jardim Angélica, no valor de R$ 9,6 milhões. A prefeita Clediane Matzenbacher agradeceu o governador pelos investimentos em benefício da população de Jardim, principalmente na pavimentação de vias urbanas.

Com a chegada do pavimento, comércios começaram a abrir no bairro. "O asfalto que a gente esperava tanto chegou graças ao governador e ao ex-prefeito, que ajudou muito também. A chegada vai ajudar muito a população do bairro Vila Angélica II. Já estão abrindo mercados na Vila e lava-jato. São várias melhorias que vão transformar a vida da população", contou Janderson Castro de Paula.

Janderson: valorização do bairro
A dona de casa Margarida Batista Martins também agradeceu o fim da poeira no bairro. "Eu moro há 15 anos aqui e agora veio o asfalto. Vai valorizar o imóvel, trazer mais acessibilidade e já dá para deixar mais bonitinha a frente de casa", disse.

Acompanharam o governador nas agendas os secretários Eduardo Riedel (Segov), Jaime Verruck (Semagro) e Sergio de Paula, secretário Especial de Articulação Política; presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa, e os também deputados professor Rinaldo, Herculano Borges, Evander Vendramini, Mara Caseiro, Marçal Filho e Felipe Orro; diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Júnior, além de prefeitos, secretários e vereadores da região.

Paulo Fernandes, Subcom

Fotos: Saul Schramm