Mulher que está perdendo a visão pede ajuda para conseguir atendimento oftalmológico

Dona Lucia vem enfrentando uma situação muito difícil. Perdendo a visão dia após dia, ela pede por ajuda para conseguir um tratamento. Quem puder ajudar ou algum oftalmologista que esteja interessado em ajudar a Dona Lucia pode entrar em contato pelo telefone: 99111-0442.

https://www.youtube.com/watch?v=dVANvkuQ6J8


Italo Ferreira conquista primeiro ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

Potiguar é campeão olímpico ao derrotar o japonês Kanoa Igarashi na final do surfe masculino. Título veio com um triunfo por 15.14 a 6.60 com direito a prancha quebrada no início da final

A vontade era tanta que, logo na primeira onda, a prancha quebrou. Foram pouco mais de dois minutos até que Italo Ferreira nadasse à areia para recomeçar. O que parecia um mau presságio, porém, não passou de um leve percalço. No mar revolto de Tsurigasaki, o surfista brasileiro enfileirou manobras e garantiu o primeiro ouro da história do surfe em Olimpíadas. O primeiro do Brasil em Tóquio. Diante do japonês Kanoa Igarashi, que eliminou Gabriel Medina na semifinal, o potiguar entrou para o rol de heróis olímpicos do país.

Italo superou Igarashi com sobras. Apesar da quebra da prancha logo em sua primeira tentativa de manobra, o brasileiro não desanimou. Agressivo durante toda a bateria, conseguiu três boas notas, o suficiente para deixar o japonês em combinação. No somatório final, 15,14 contra 6,60 do rival. A festa começou antes mesmo do fim, a dois minutos do sinal tocar. O ouro já estava garantido.

Diante da ameaça de chegada de um tufão a Tóquio, a organização adiantou em um dia as finais. Com a decisão, ondas que abriram espaço para manobras melhores. Durante todo o dia, apesar de dores na perna esquerda, Italo se mostrou focado. Sabia que tinha o caminho aberto até o ouro. Na final, viu uma pequena multidão de voluntários torcer para Igarashi. Também não se importou. Na areia, no fim, festa ao lado de Silvana Lima, Tatiana Weston-Webb e de toda a delegação do Brasil.

Final

1. Kanoa Igarashi (JAP) 6.60 x Italo Ferreira (BRA) 15.14

Disputa do bronze

1. Gabriel Medina (BRA) 11.77 x Owen Wright (AUS) 11.97

Resultados da semifinal

1. Kanoa Igarashi (JAP) 17.00 x Gabriel Medina (BRA) 16.76
2. Ítalo Ferreira (BRA) 13.17 x Owen Wright (AUS) 12.47

Resultados das quartas de final

1. Kanoa Igarashi (JAP) 12.60 x Kolohe Andino (EUA) 11.00
2. Gabriel Medina (BRA) 15.33 x Michel Bourez (FRA) 13.66
3. Ítalo Ferreira (BRA) 16.30 x Hiroto Ohhara (JAP) 11.90
4. Lucca Mesinas (PER) 7.83 x Owen Wright (AUS) 12.74


Estudantes, pais e professores da Reme se animam com o retorno às aulas presenciais

Depois de um ano e quatro meses de aula remota por causa da pandemia, os alunos da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande estão voltando hoje (26) para as salas de aula. Dia foi de alegria para os estudantes, pais e professores.

https://www.youtube.com/watch?v=DLXz8PVGaUM


Filho de Chorão diz que pai torcia por Rayssa Fadinha, mas cantor morreu antes da skatista começar carreira

Sem dúvidas Chorão e as músicas do Charlie Brown Jr. dão motivação para Rayssa Leal, a Fadinha, medalhista de prata pelo skate nas Olimpíadas de Tóquio. A maranhense já revelou que o roqueiro não sai de sua playlist. Mas um fato curioso virou meme nas redes sociais: Alexandre Abrão, filho do cantor, disse que o pai já via a atleta andar de skate e "falava que ela ia longe". Acontece que o músico morreu em março de 2013, enquanto Rayssa, que nasceu em janeiro de 2008, começou a praticar o esporte apenas aos seis anos, em 2014.


Os destaques na agenda da Olímpiada de Tóquio

A final por equipes da ginástica artística masculina ocorre a partir das 7h.

Pela segunda rodada da fase de grupos, o vôlei masculino brasileiro pega a Argentina às 9h45.

O handebol feminino do Brasil tem como rival na segunda partida, às 23h, a Hungria.

Terça (27)

Beatriz Ferreira representa o boxe feminino brasileiro em uma das lutas a partir da 1h06. Se a campeã mundial avançar até a decisão do peso leve, lutará no dia 8, às 2h.

Ana Sátila pode pintar na final da categoria K1 da canoagem slalom, a partir de 4h15.

Em seu segundo jogo na Olimpíada, o vôlei feminino do Brasil enfrenta a República Dominicana às 7h40.

A final por equipes da ginástica artística feminina ocorre a partir das 7h45.

Pela terceira rodada do futebol feminino, o Brasil encara Zâmbia, às 8h30.

Se o mar oferecer condições ao surfe, as primeiras medalhas olímpicas da história do esporte poderão sair a partir das 20h.

Quarta (28)

Pela terceira rodada do futebol masculino, a seleção brasileira vai encarar a Arábia Saudita, às 5h.

A final da disputa pelo individual geral masculino na ginástica artística é realizada a partir de 7h15.

O handebol masculino do Brasil faz seu terceiro jogo, contra a Espanha, às 7h30.

Pela terceira rodada, o vôlei masculino, atual campeão, pega os russos, às 9h45.

O handebol feminino brasileiro tem como rival na terceira partida, às 23h, a Espanha.

Quinta (29)

O dia 29 marca outro momento em que Ana Sátila poderá aparecer, agora na categoria C1 da canoagem, a partir de 2h.

Em seu terceiro jogo, o vôlei feminino do Brasil enfrenta o Japão, às 7h40.

A partir das 7h50, ocorre a final da disputa pelo individual geral feminino na ginástica artística.

As tão esperadas provas de atletismo, enfim, começam às 21h. Elas vão até 8 de agosto, último dia de Olimpíada.

Um dos grandes nomes é a jamaicana Shelly-Ann-Fraser-Pryce, que está em uma das baterias dos 100 m rasos feminino, a partir de 23h40 -ela ainda compete nos 200 m e no revezamento 4 x 100 m.

O handebol masculino brasileiro faz seu quarto jogo, contra a Argentina, às 21h.

Pela quarta rodada, o vôlei masculino do Brasil pega os Estados Unidos às 23h05.

A partir de 23h, o francês Teddy Riner, atual bicampeão na categoria acima de 100 kg do judô, pisa no tatame para defender o posto de estrela olímpica.


Bolsonaro volta a ameaçar pleito de 2022 e fala em 'eleições sujas'

Bolsonaro também voltou a atacar o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso

Dias após as principais autoridades do Judiciário e do Legislativo reagirem às revelações feitas pelo Estadão de que o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, ameaçou a realização do pleito em 2022, o presidente Jair Bolsonaro apelou novamente em favor do voto impresso e afirmou que "não dá para termos" eleições no formato atual, repetindo a ameaça. Bolsonaro também voltou a atacar o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso.

"Na quinta-feira vou demonstrar em três momentos a inconsistência das urnas, para ser educado. Não dá para termos eleições como está aí", disse Bolsonaro em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada na tarde deste sábado (24). O presidente disse não ver democracia no que chamou de "eleições sujas", em referência ao sistema que hoje funciona no Brasil e o elegeu em 2018 presidente da República.

Apesar das frequentes tentativas de Bolsonaro de pôr em dúvida a confiabilidade do sistema eleitoral, reportagem do Estadão mostra que a Polícia Federal não encontrou até o momento registros de investigações sobre fraudes envolvendo a urna eletrônica desde que o método de votação foi adotado, em 1996. O TSE também afirma não haver registro de fraude comprovada envolvendo a urna eletrônica desde que ela foi adotada.

"Então, eleições limpas, todos nós queremos. Eleições sujas, isso eu não chamo eleições, isso não é democracia. E nós estamos com bastante antecedência falando o que pode acontecer na frente, e o que nós podemos fazer para evitar", disse Bolsonaro. As declarações foram transmitidas pela rede social do filho do presidente e deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Possível adversário de Bolsonaro no pleito de 2022, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também foi citado pelo chefe do Executivo neste sábado. Bolsonaro tentou justificar a anulação das condenações impostas ao petista como parte de um suposto plano para colocá-lo na cadeira de presidente, a partir de uma eleição fraudada.

"Vocês acham que alguém ia tirar um bandido da cadeia, ia torná-lo elegível, para não ser presidente, na fraude? Não tem que raciocinar, é isso", afirmou. "Geralmente quem frauda é quem está no governo, eu estou dando a chance para ele ganhar no primeiro turno com voto impresso. Ele é o primeiro a ser contra", disse Bolsonaro, citando a vantagem do petista em pesquisas eleitorais.

O presidente do TSE também voltou a ser alvo de Bolsonaro, que questionou o que Barroso teria feito ou "negociado" para que lideranças no Congresso se voltassem contra a PEC do voto impresso. "É inadmissível o ministro presidente do TSE, do Supremo, dentro do Congresso, não sei o que ele negociou, o que ele falou, porque rapidamente ele cativou grande parte dos líderes, se apaixonaram por ele, não sei o que ele ofereceu. E no dia seguinte trocaram os integrantes da comissão especial que analisa a PEC do voto impresso. Dá para desconfiar ou não dá?", disse Bolsonaro.

"Não façam isso por mim, minha vida aqui, não queiram. Mas pode ter certeza, que eu vou cumprir meu mandato até o último dia, só Deus me tira daqui", disse ainda Bolsonaro aos apoiadores, como já falou em outras oportunidades.

"O cara não gostar de mim (em referência a críticas que recebe), tudo bem, mas ser apaixonado pelo Lula? Desvios, roubalheira em tudo quanto é lugar. Um milagre eu estar aqui, dois, a vida e a eleição. E um terceiro, permanecer na cadeira. O que muita gente quer é o poder, a volta da impunidade e da corrupção. Será que não conseguem enxergar isso?", afirmou. "Querem me criticar, critiquem, até gente que se diz de direita, né? Tudo bem, se eu sair fora, você vai ficar com quem em 2022?", completou o presidente.


CCR realiza na BR-163 sétima simulação de resgate a vítimas de acidentes

Dezenas de pessoas participaram na manhã desta sexta-feira (23) de uma simulação de resgate a vítimas de acidente em rodovia. É a sétima vez que um treinamento deste tipo é realizado em Campo Grande.

https://www.youtube.com/watch?v=Rhtt6uxeJEE


Médicos alertam para os problemas causados pela baixa umidade do ar

Campo Grande chegou a registrar umidade do ar de apenas 7% no dia 22 de julho, o que pode agravar ainda mais os problemas respiratórios, e até mesmo confundir com a covid-19. Hoje (23) a situação melhorou um pouco e a umidade mínima ficou em 21% no início da tarde.

https://www.youtube.com/watch?v=vcMs_kZE5PQ


PRF promove Campanha Estrada Solidária e arrecada alimentos para famílias carentes

A Polícia Rodoviária Federal está fazendo a campanha Estrada Solidária para arrecadação de alimentos não perecíveis, o objetivo é arrecadar quatro toneladas e doar a famílias carentes.

https://www.youtube.com/watch?v=dgxCnipj_5U