Força-tarefa vai aportar em Bonito para coibir lotação em atrativos no Carnaval

PMA e Imasul percorrerão balneários para fiscalizar cumprimento das condições das licenças de operação - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Tatanews
3 Min Read

Força-tarefa, formada por equipes da PMA (Polícia Militar Ambiental) e Imasul (Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), vai passar os dias de Carnaval de plantão em Bonito. O foco é coibir desrespeito aos limites de lotação nos atrativos turísticos, principalmente os localizados no Rio Formoso.

De acordo com o secretário-executivo de Meio Ambiente, Artur Falcette, no Ano Novo, balneário foi multado em R$ 180 mil porque permitiu a superlotação da margem do Rio Formoso. “O estabelecimento tem licença para receber cerca de 200 pessoas e no dia 1º, registraram mais de mil turistas no local”.

Falcette explica que as licenças de operação dos atrativos limitam, com base em estudos de impacto ambiental, a quantidade de vouchers que podem ser vendidos para evitar o pisoteamento excessivo das áreas de preservação ambiental, por exemplo. “Quando excedida a quantidade de pessoas, existe um grande risco de impacto ambiental. Tem a questão da qualidade da água e tem o que fica depois dessa utilização. Lixo às margens do rio. Quando você superlota as beiras do rio, você tem um processo de pisoteamento excessivo da margem. Então, você acaba danificando a área de preservação. Uma série de questões que, somadas, causam impacto ambiental e é isso que a gente quer coibir”.

Durante fiscalização no dia 1º de janeiro, a PMA constatou diversas infrações ambientais no balneário Bosque das Águas, em Bonito, todas causadas pelo desrespeito ao limite máximo de acesso de pessoas ao empreendimento.

- Publi-
engue_GovMS

Conforme nota enviada pela Polícia Militar Ambiental à imprensa, foram registrados trechos com pisoteamento da vegetação dentro da área de preservação ambiental e ainda pisoteio em cachoeiras. Foram encontradas garras, latas e alimentos no rio. O excesso de pessoas causou ainda poluição sonora.

Em nota, a direção do balneário Bosque das Águas disse que irá programar medidas mais “rígidas” de controle à entrada no local.

No dia 23 de janeiro, o estabelecimento emitiu comunicado informando que, entre os dias 9 e 13 de fevereiro, vai proibir a entrada de qualquer tipo de bebida e som na área de banho.

Compartilhe
Comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *