MP e Defensoria pedem interdição de CT e bloqueio de R$ 57 mi do Fla

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O Ministério Público do Rio de Janeiro e a Defensoria Pública pediram à Justiça a interdição imediata do Centro de Treinamento George Helal (Ninho do Urubu) e o bloqueio de R$ 57 milhões das contas do Flamengo.

A ação foi feita no âmbito do incêndio que atingiu parte do CT e matou 10 adolescentes no dia 8 de fevereiro.

Segundo informações do G1, o Ninho deve ficar interditado até que as instalações estejam completamente e regularizadas junto aos órgãos competentes. Quanto ao bloqueio do dinheiro, o MP e a Defensoria dizem que é para possibilitar as indenizações.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Veja também…