Tiroteio e muita confusão em famosa conveniência na Antônio Maria Coelho, em Campo Grande

A Briga generalizada que terminou com homem baleado em frente a conveniência Big Festas, na Rua Antônio Maria Coelho, em Campo Grande, envolveu mais de 50 pessoas. As versões sobre o motivo da confusão são divergentes.

Ao Campo Grande News, o segurança do estabelecimento, de 32 anos, contou que tudo começou com uma briga entre membros de um mesmo grupo que bebiam na esquina da conveniência. Durante a confusão, um tiro disparado foi atribuído ao segurança. Ele, porém, nega.

Outras testemunhas contaram à reportagem que um grupo ouvia música alta em frente ao comércio e alguns rapazes estavam empinando motocicletas. O segurança teria pedido para que eles diminuíssem o barulho e, então, a briga começou.

Segundo testemunhas, o segurança disparou um tiro para o alto e começou a confusão. ''Ninguém estava armado. Nos defendemos com garrafas", contou.

O grupo, com mais de 50 pessoas, arremessou pedras e garrafas contra a conveniência. O vidro do caixa e uma televisão foram quebrados e vários produtos, entre cervejas e bolachas, foram saqueados.

Um homem que estava no local foi ferido por um disparo no pé e socorrido pelo Corpo de Bombeiros. O Batalhão de Choque da Polícia Militar foi acionado, mas quando chegou ao local o grupo já havia dispersado.