Um gênio a frente de seu tempo, criador da famosa teoria da relatividade e grande estudioso da física – esse foi Albert Einstein.

Apesar de nunca ter sido diagnosticado enquanto estava vivo, seu modo de vida, sempre distante socialmente e muito solitário, inclusive de sua família, como estudiosos de sua vida apontam, especialistas afirmaram diversas vezes acreditarem que tal gênio tinha traços claros do espectro autista.

LIONEL MESSI

Considerado por muitos o melhor jogador de futebol do mundo e por tantos outros, o melhor jogador de futebol da história, o comportamento recluso e bastante tímido de Messi desde o início de sua carreira chama a atenção.

Aos 8 anos de idade, ainda na Argentina e longe do foco e da fama ganha em Barcelona, Messi foi diagnosticado com Síndrome de Asperger, uma forma mais leve de autismo – a mesma de Mozart e alguns outros famosos.

WOODY ALLEN

Diretor, escritor, ator, roteirista, dentre um universo de outras coisas, Woody Allen revolucionou o entretenimento mundial com seus filmes e shows. Algo que poucos sabem, no entanto, é que Woody também foi diagnosticado como portador da Síndrome de Asperger.

Quer ler mais sobre outros temas interessantes da Saúde Mental? A gente deixa o link pra você!

ISAAC NEWTON

Newton é considerado um dos maiores cientistas da história. Era matemático, físico, astrólogo, teólogo. Mudou a história da humanidade ao teorizar sobre sua grandiosa teoria da gravidade.
Investigadores das Universidades de Oxford e Cambridge indicaram após análises feitas que Newton também era um potencial portador da Síndrome de Asperger.

WOLFGANG AMADEUS MOZART

Considerado um dos maiores e mais importantes compositores da história, Mozart passou a criar melodias desde os 5 anos de idade. Era centrado e apaixonado por sua música. Por outro lado, apesar da genialidade, Mozart tinha grandes dificuldades em se relacionar socialmente, dentre outras características.

Foi apontado, após estudos históricos acerca de seu comportamento, pelo Professor Doutor Michael Fitzgerald em sua obra, “Os genes da genialidade”, como portador de um nível leve de autismo (Sindrome de Asperger).

TIM BURTON

Autor de histórias renomadas como “Edward Mãos-de-Tesoura”, “Alice no País das Maravilhas” e “O Estranho Mundo de Jack”, Tim Burton construiu seu legado em cima de ideias, personagens e traçados mágicos.

Em entrevista, sua esposa na época, Helena Bonham, revelou o diagnóstico de autismo recebido pelo cineasta quando visitaram um médico especialista, logo após ter suspeitado que o ex-marido poderia ter alguma coisa não esclarecida devido seus comportamentos

BILL GATES

Fundador da Microsoft, empresa revolucionária do âmbito tecnológico, Bill Gates é considerado por muitos uma das figuras mais inteligentes do mundo contemporâneo.

Apesar de nunca ter sido confirmado publicamente, seus companheiros relatavam sua agitação excessiva em reuniões, sua dificuldade em ter contato direto com o olhar de outras pessoas, a fuga de entrevistas e afins, dentre outras características. Muitos apontam para esses comportamentos como correlatos a algum nível de autismo.

LUDWIG VON BEETHOVEN

Tão genial quanto Mozart, assim como introvertido e socialmente distante, Beethoven foi um musicista completo, dos mais respeitados e influentes de todos os tempos. Um devoto a música. Foi apontado também, mesmo após sua morte, como um portador potencial do transtorno do espectro autista (TEA).

Fonte: PABLO VALENTE (cenatcursos.com.br)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *