Cinemas de SP deverão ter sessão mensal adaptada a crianças autistas

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), sancionou na terça-feira, 14, uma lei que obriga os cinemas paulistanos a realizarem ao menos uma sessão por mês adaptada a crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA). O descumprimento da determinação prevê de advertência a multa - entre R$ 3 mil e R$ 10 mil - e até interdição do estabelecimento.

A Lei 17.272/20 prevê que, durante as sessões adaptadas, as luzes estejam levemente acesas, o volume seja um pouco mais baixo do que o habitual e não seja veiculada publicidade comercial. Também deverá ser liberada a circulação dos espectadores pelo interior da sala, bem como a entrada e a saída durante a exibição do filme. Não há ingerências em relação ao valor dos ingressos.

Segundo a lei, as sessões deverão ser identificadas com o símbolo mundial do espectro autista na entrada da sala de exibição. O estabelecimento que descumprir a lei receberá, primeiramente, uma advertência e, no caso de reincidência, uma multa de R$ 3 mil. Uma segunda reincidência resultará em nova multa, de R$ 10 mil, e, se for repetida, poderá levar à interdição.

Os valores das multas serão reajustados anualmente pela variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A lei entrará em vigor em 90 dias após a publicação no Diário Oficial do município, que ocorreu nesta quarta-feira, dia 15.


Lei Romeo Mion é sancionada por Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro sancionou hoje a Lei 13.977 que cria a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea).

Marcos Mion em encontro com o presidente Jair Bolsonaro. Foto: Marcos Corrêa / PR / Divulgação

A proposta da lei é fornecer uma carteira exclusiva para pessoas com autismo.

A lei foi batizada com o nome do filho mais velho do apresentador Marcos Mion, Romeo, que possui o Transtorno do Espectro Autista. O apresentador comentou que chegaram a perguntar se ele gostaria de ter a lei com o seu nome, mas ele recusou. "Quem merece é quem faz ser como eu sou, quem me inspira diariamente a ajudar o próximo", explicou, se referindo ao filho.

Entre as determinações da lei, está o oferecimento gratuito da carteira, com validade para todo o País. A partir de agora o documento poderá ser solicitado em órgãos municipais.

O texto também determina que pessoas com autismo terão prioridade no atendimento em estabelecimentos públicos e privados, e obriga cinemas a oferecer, uma vez por mês, sessões específicas para pessoas com autismo, com todas as adaptações necessárias para melhor acomodar esse público.


Associação dos Pais e Amigos dos Autistas realizam bazar em Campo Grande

Dia 07 de dezembro, a associação dos Pais e Amigos dos autistas vai realizar um grande bazar. São vários produtos, com preços bem atrativos. E toda a renda será para dar continuidade nos atendimentos da entidade.

https://www.youtube.com/watch?v=K7qjraAKrQo


Alguns autistas famosos que você nem imaginava!

Um gênio a frente de seu tempo, criador da famosa teoria da relatividade e grande estudioso da física – esse foi Albert Einstein.

Apesar de nunca ter sido diagnosticado enquanto estava vivo, seu modo de vida, sempre distante socialmente e muito solitário, inclusive de sua família, como estudiosos de sua vida apontam, especialistas afirmaram diversas vezes acreditarem que tal gênio tinha traços claros do espectro autista.

LIONEL MESSI

Considerado por muitos o melhor jogador de futebol do mundo e por tantos outros, o melhor jogador de futebol da história, o comportamento recluso e bastante tímido de Messi desde o início de sua carreira chama a atenção.

Aos 8 anos de idade, ainda na Argentina e longe do foco e da fama ganha em Barcelona, Messi foi diagnosticado com Síndrome de Asperger, uma forma mais leve de autismo – a mesma de Mozart e alguns outros famosos.

WOODY ALLEN

Diretor, escritor, ator, roteirista, dentre um universo de outras coisas, Woody Allen revolucionou o entretenimento mundial com seus filmes e shows. Algo que poucos sabem, no entanto, é que Woody também foi diagnosticado como portador da Síndrome de Asperger.

Quer ler mais sobre outros temas interessantes da Saúde Mental? A gente deixa o link pra você!

ISAAC NEWTON

Newton é considerado um dos maiores cientistas da história. Era matemático, físico, astrólogo, teólogo. Mudou a história da humanidade ao teorizar sobre sua grandiosa teoria da gravidade.
Investigadores das Universidades de Oxford e Cambridge indicaram após análises feitas que Newton também era um potencial portador da Síndrome de Asperger.

WOLFGANG AMADEUS MOZART

Considerado um dos maiores e mais importantes compositores da história, Mozart passou a criar melodias desde os 5 anos de idade. Era centrado e apaixonado por sua música. Por outro lado, apesar da genialidade, Mozart tinha grandes dificuldades em se relacionar socialmente, dentre outras características.

Foi apontado, após estudos históricos acerca de seu comportamento, pelo Professor Doutor Michael Fitzgerald em sua obra, “Os genes da genialidade”, como portador de um nível leve de autismo (Sindrome de Asperger).

TIM BURTON

Autor de histórias renomadas como “Edward Mãos-de-Tesoura”, “Alice no País das Maravilhas” e “O Estranho Mundo de Jack”, Tim Burton construiu seu legado em cima de ideias, personagens e traçados mágicos.

Em entrevista, sua esposa na época, Helena Bonham, revelou o diagnóstico de autismo recebido pelo cineasta quando visitaram um médico especialista, logo após ter suspeitado que o ex-marido poderia ter alguma coisa não esclarecida devido seus comportamentos

BILL GATES

Fundador da Microsoft, empresa revolucionária do âmbito tecnológico, Bill Gates é considerado por muitos uma das figuras mais inteligentes do mundo contemporâneo.

Apesar de nunca ter sido confirmado publicamente, seus companheiros relatavam sua agitação excessiva em reuniões, sua dificuldade em ter contato direto com o olhar de outras pessoas, a fuga de entrevistas e afins, dentre outras características. Muitos apontam para esses comportamentos como correlatos a algum nível de autismo.

LUDWIG VON BEETHOVEN

Tão genial quanto Mozart, assim como introvertido e socialmente distante, Beethoven foi um musicista completo, dos mais respeitados e influentes de todos os tempos. Um devoto a música. Foi apontado também, mesmo após sua morte, como um portador potencial do transtorno do espectro autista (TEA).

Fonte: PABLO VALENTE (cenatcursos.com.br)

https://youtu.be/-7GsRqIHKDQ