Novas orientações sobre distanciamento social

O Ministério da Saúde estabeleceu novas orientações em relação ao distanciamento social para combater a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Em Boletim Epidemiológico divulgado hoje (6), a equipe do órgão cria diferentes formas de isolamento e recomenda regras mais leves para municípios que ainda não estejam com alta ocupação de leitos nas unidades de saúde.

Segundo a nova orientação, haveria duas categorias de distanciamento: o ampliado e o seletivo. O ampliado é o que foi adotado pelos estados até o momento. Na nova diretriz da pasta, os municípios e estados em que os casos confirmados não tenham resultado em uma ocupação de leitos maior do que 50% da capacidade do local devem migrar da modalidade ampliada para a seletiva.

O distanciamento seletivo seria aquele no qual “apenas alguns grupos ficam isolados, sendo selecionados os grupos que apresentam mais riscos de desenvolver a doença ou aqueles que podem apresentar um quadro mais grave, como idosos e pessoas com doenças crônicas (diabetes, cardiopatia etc.) ou condições de risco como obesidade e gestação de risco”. Nesse modelo, as pessoas com menos de 60 anos podem circular livremente, desde que não apresentem sintomas da covid-19.

Essa transição do distanciamento social ampliado para o seletivo, conforme a recomendação, deve começar na próxima segunda-feira (13).

Já os locais que apresentam coeficiente de incidência da pandemia 50% acima da estimativa nacional devem manter o distanciamento ampliado até que o estoque de equipamentos, insumos e força de trabalho em saúde estejam “disponíveis em quantitativo suficiente, de forma a promover, com segurança, a transição para a estratégia de distanciamento social seletivo conforme descrito na preparação e resposta segundo cada intervalo epidêmico”, pontua o boletim epidemiológico.

As unidades federativas com coeficiente 50% acima da taxa média de incidência são, no balanço de hoje divulgado pelo Ministério da Saúde: São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Amazonas e Distrito Federal.

De acordo com o Boletim Epidemiológico, o distanciamento social ampliado é “essencial para evitar uma aceleração descontrolada da doença”, mas sua manutenção prolongada “pode causar impactos significativos na economia”.

Já o distanciamento seletivo possibilitaria a “retomada da atividade laboral e econômica” com “criação gradual de imunidade de rebanho de modo controlado”. Por outro lado, nesse caso “grupos vulneráveis continuarão tendo contato com pessoas infectadas assintomáticas ou sintomáticas, tornando mais difícil o controle”.

A mdança vai ao encontro da posição do presidente Jair Bolsonaro, que vem defendendo a necessidade de retomada das atividades econômicas para impedir ou mitigar prejuízos na esfera da produção.

Até então, o Ministério da Saúde vinha enfatizando a importância do distanciamento social tal qual adotado pelos estados. Em diferentes entrevistas coletivas, o titular da pasta, Luiz Henrique Mandetta, e secretários responsáveis pela resposta à pandemia ponderaram a importância dessas medidas para impedir o colapso do sistema de saúde, que o ministro chegou a projetar para o fim de abril.

Em coletiva hoje no Palácio do Planalto, o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, lembrou que o Brasil levou 17 dias para chegar do primeiro ao 100º caso, mais sete dias para ir até o 1.000º caso e 14 para chegar aos 10.000 casos confirmados.

Com informações da Agência Brasil


Tatá Marques é o novo embaixador do Sprint Social

Aconteceu na sede do SBT, ocorreu uma reunião entre os integrantes do Sprint Social e representantes dos demais parceiros, como Hedge Loteamentos, Znit Comunicação e Borsari Comunicação, além do próprio SBT.

Durante a reunião, o Professor Sena do Sprint Social apresentou os atletas e as necessidades do projeto. “Atendemos mais de 180 atletas na modalidade atletismo, tanto olímpico como paraolímpico, e temos grandes sonhos”, disse o professor.

Na ocasião, o sócio diretor da Hedge, Rubens Filinto, em nome do Sprint Social convidou o apresentador Tatá Marques para ser o Embaixador do projeto. “Ninguém melhor que você para ser o embaixador, pois conheci esses atletas através do seu programa”, destacou Rubens.

“Para mim é uma honra ter essa função, ainda mais para fomentar o esporte que é capaz de transformar vida. Vamos do Sprint Social um exemplo para o Brasil”, disse o Tatá.

Foto: Borsari Comunicação/Divulgação

Com informações de Jhoseff Bulhões do JD1 Notícias


Motoristas são multados após passar por pedágio mesmo com crédito

[siteorigin_widget class="WP_Widget_Media_Video"][/siteorigin_widget]

Gari que teve moto furtada e viralizou com desabafo ganha uma moto novinha

Em um vídeo que viralizou nas redes sociais, o gari Renato Sá de Souza se indignou após ter a sua motocicleta furtada em frente o seu local de trabalho.

Na última terça-feira (17), o gari Renato Sá de Souza, 36 anos, fez um desabafo nas redes sociais após ter sua motocicleta furtada em frente ao local onde trabalhava, no bairro União, em Belo Horizonte.

Seu apelo viralizou nas redes sociais, e no dia seguinte, Renato ganhou uma moto novinha em folha!

“[Sou] Gari, trabalho o dia inteiro debaixo desse sol quente. Eu preciso dessa moto para trabalhar!”
“Eu parei a moto do lado de outras quatro, que são de colegas meus, igual eu faço todo dia. Quando eu fui embora 15h, ela já não estava mais lá”, contou.

Renato mora no bairro Conjunto Paulo VI. Transtornado, ele fez um apelo para que o seu veículo fosse recuperado. “Se você que me roubou, está vendo esse vídeo, olha como eu estou suado. Eu trabalhei o dia inteiro. Você não sabe como é difícil as coisas”, disse.

Sensibilizados com a situação do rapaz, os proprietários do Grupo Orange decidiram comprar e doar uma moto nova para o gari. Com a mediação de uma jornalista do portal ‘O Tempo’, uma representante do grupo se encontrou com Renato durante seu intervalo de almoço e lhe contou as boas novas.

O rapaz ficou bastante emocionado e comemorou ao lado dos amigos do trabalho.

[siteorigin_widget class="WP_Widget_Media_Video"][/siteorigin_widget]
[siteorigin_widget class="WP_Widget_Custom_HTML"][/siteorigin_widget]

Famílias que tiveram energia cortada religam gambiarras no Jardim Centro-Oeste

Parte das famílias que tiveram a energia cortada ontem numa área invadira na região sul da Capital religou as gambiarras. Mas a grande maioria segue no escuro, por isso, a Defensoria Pública promete ingressar com uma ação na justiça para restabelecer o abastecimento.

[siteorigin_widget class="WP_Widget_Media_Video"][/siteorigin_widget]

Garoto levanta R$ 16 mil vendendo limonadas e doa para a caridade

Quando tinha apenas 10 anos de idade, Jaxson Turner decidiu fazer do mundo um lugar melhor. O garoto, morador de Plano, no Texas (EUA), abriu uma banquinha na calçada de sua casa para vender limonadas.

Todo o lucro arrecadado é revertido em doações de roupas e alimentos para os moradores de rua do bairro ou em cestas básicas para famílias necessitadas da periferia do município.

A mãe de Jaxson, LaKeicee Turner, afirma que o filho nunca fez questão de receber presentes ou ter uma festa no seu aniversário: pedia apenas uma quantia em dinheiro para comprar mantimentos para as pessoas que encontrava vivendo nas ruas.

Garoto de 12 anos levanta R$ 15 mil vendendo limonadas e doa para necessitados

Agora, aos 12 anos, Jaxson deu um passo além em sua jornada altruísta e filantrópica: abriu a organização sem fins “N2Y2C”, que visa servir pessoas necessitadas, seja oferecendo comida, roupas ou moradia. A ONG também busca inspirar outros jovens a aderirem ao movimento.

“N2Y2C significa Never Too Young To Care (“Nunca Tão Jovem Para Se Importar”, em tradução livre), porque você nunca é jovem demais para se preocupar com outras pessoas em sua comunidade”, disse Jaxson, que ainda vende limonadas na porta de casa.

Garoto de 12 anos levanta R$ 15 mil vendendo limonadas e doa para necessitados

Para financiar sua instituição de caridade, Jaxson utiliza o lucro da venda de limonadas e doces e recebe doações de amigos, vizinhos e familiares.

No ano passado, a banca de limonada do menino levantou impressionantes US$ 4 mil (R$ 16 mil).

Todo esse dinheiro foi revertido em cestas básicas e materiais escolares aos alunos do Condado de Collin, um dos mais pobres e carentes do estado do Texas. Jaxson espera poder fazer ainda mais por essas crianças este ano.

Garoto de 12 anos levanta R$ 15 mil vendendo limonadas e doa para necessitados

O N2Y2C patrocina diversos projetos ao longo do ano, incluindo uma festa de Natal completa com jantar e atividades ao ar livre para crianças desabrigadas, um jantar de Páscoa no abrigo de crianças Dallas LIFE, além de brechós que arrecadam roupas e calçados para moradores de rua.

Garoto de 12 anos levanta R$ 15 mil vendendo limonadas e doa para necessitados

Através de seus esforços, Jaxson tem recebido apoio de empresas locais, que doam alimentos e suprimentos. Ele até chamou a atenção do prefeito de Plano, George Fuller, que, junto com sua esposa, Maylee, foi voluntário por um dia em sua banca de limonada!

Garoto de 12 anos levanta R$ 15 mil vendendo limonadas e doa para necessitados

“Jaxson é uma inspiração para os jovens, certamente”, disse Fuller. “Mais do que isso: é um exemplo para todas as pessoas, a incluir aqui os adultos. Todos nós temos algo a aprender com esse menino.”

Garoto de 12 anos levanta R$ 15 mil vendendo limonadas e doa para necessitados

Jaxson explica suas motivações: “Eu queria deixar Deus orgulhoso”. “Deus gosta quando você ajuda o teu próximo. Há tantos sem-teto por aí precisando de ajuda, que você não conhece quem são ou por que estão desabrigados. Para mim, são pessoas que precisam de acolhimentoQuero ajudá-los, não importa como.”

 

Fonte: Inspire More/Fotos: Reprodução/Facebook JaxsonN2Y2C
https://razoesparaacreditar.com


Campanha RESPEITE! Esse assento não é seu!

A proposta converge para necessidade conscientizar a população, em especifico o
usuários do transporte coletivo urbano, abrangidos pela gratuidade do passe, nesse
caso os abrangidos pela Lei Municipal nº 3.026/1.993, ao instituir o Passe do
Estudante aos alunos matriculados nos níveis de ensino – fundamental, médio e
superior do município de Campo Grande. Visto que a Lei Municipal nº 5.790/2.016,
sancionado em dezembro deste mesmo ano, dispondo sobre os assentos
preferenciais em veículos de transporte coletivo urbano do município, ao prever que
pessoas idosas, mulheres grávidas, pessoas com deficiência e parturientes teriam a
partir da data em que foi sancionada a prioridade nos assentos destes veículos; no
entanto passado esse tempo todo, ainda percebemos que estamos no muito longe de
atingir uma maturidade de respeito por parte da população, mais especificamente
em se tratando dos estudantes nos horários de entrada e saída das aulas. Portanto, é
necessário a promoção de uma campanha educacional para conscientizar sobre o
respeito às pessoas idosas usuárias do transporte coletivo, como as demais pessoas
enquadradas pelo perfil abrangido pela legislação.

Portanto, nesta data pretende–se firmar através do Termo de Compromisso a ser
assinado por todos os organismos afetos a política pública em foco, com presença
das autoridades as respectivas responsabilidades assumidas pelo desenvolvimento
da campanha.

Programação:
Após o convite oficializado as autoridades, a previsão consiste em formar a mesa de
autoridades, com a participação do Prefeito Municipal e por conseguinte suas
respectivas falas, conforme a ordem pela orientação do Cerimonial Oficial, com
horário previsto para iniciar–se as 9:00 horas e após esse ato considera–se encerrado
o evento. Não há previsão de atividade cultural ou mesmo outro pronunciamento,
que não seja o oficial.