Operação conjunta vai identificar origem do fogo no Pantanal

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Denominada Operação Focus, uma força-tarefa composta por servidores do Imasul, soldados do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, agentes da Polícia Civil e da Perícia Técnica da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, saiu à campo para identificar a origem dos incêndios na região do Pantanal.

Com auxílio de imagens de satélite foram levantados os prováveis inícios de alguns focos de incêndios e nesta quarta-feira, dia 16, começaram as visitas. Nestes locais os fiscais do Imasul e agentes de Segurança fazem levantamento da área queimada e verificam os indícios da origem do fogo, se estão condizentes com as imagens de satélite.

Jaime Verruck, secretário Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar explicou que além de perícias serão realizadas oitivas.

Na primeira fase serão visitadas 35 propriedades rurais das regiões do Nabileque e Nhecolândia. No sábado, a intenção é já ter um balanço parcial dessa primeira fase da Operação.

A Operação Focus estava sendo planejada desde o ano passado, quando o Estado viveu situação de emergência devido a incêndios florestais e também em lavouras. Uma sala de monitoramento de imagens de satélite foi montada para analisar o surgimento desses focos, fazendo cruzamento das informações com autorizações de queimadas controladas, por exemplo.

Subsecretaria de Comunicação do Governo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Veja também…