Pandemia traz novos modelos de empreendimentos, como o aluguel de esteiras

Uma nova opção para quem não quer parar de se exercitar durante a pandemia é o aluguel de equipamentos. Em algumas academias tem até fila de espera.

https://www.youtube.com/watch?v=C6HOPPzW_BU


Casal finge pedidos de casamento para beber sem pagar em bares

um casal conseguiu bebidas grátis em vários bares fingindo emocionados pedidos de casamento diante dos clientes, num plano engendrado para não pagar consumo em saídas à noite.

Corinne Miller e Adam Carroll, naturais de Alabama, nos Estados Unidos, estavam de viagem no seu primeiro mês de relação, em Atlanta, quando tiveram a ideia para poupar dinheiro. Não só não pagaram o consumo, como os clientes do restaurante onde estavam pagaram bebidas.

Depois do restaurante, seguiram para um bar, onde Adam chegou a convencer um dos empregados do estabelecimento a ajudá-lo com o "pedido", para parecer mais convincente.

De acordo com os meios britânicos, que noticiam esta semana esta história de fraude, Corinne e Adam conseguiram 'comover' várias pessoas com o engodo, que depressa se aproximavam para os parabenizar e comprar-lhes bebidas.

Seis meses depois, porém, Adam decidiu enfim, fazer o pedido real. Desta vez, não aconteceu num bar nem num restaurante, mas em frente à família de Corinne, que aceitou a proposta. Pela terceira ou quarta vez, é certo.

"Temos os dois o mesmo senso de humor. É um dos principais componentes da nossa relação", explicou o casal à imprensa. "Fomos amigos durante oito anos antes de ser um casal e aquela viagem a Atlanta foi uma das primeiras que fizemos juntos", acrescentaram.


Quando a educação cruza com a criatividade! Professora dá aula de anatomia em um traje que mapeia o corpo humano em detalhes

Todos nós tínhamos aquele professor de coração feliz que fazia de tudo para tornar os nossos dias no ensino médio divertidos e informativos, de uma maneira que os alunos podem realmente apreciar.

Explicar o corpo humano com diagramas de papelão ou figuras de livros didáticos pode ser uma tarefa assustadora. As crianças geralmente misturam as partes do corpo e seus locais. No entanto, uma professora dedicada da terceira série, Verônica Duque, não queria que seus filhos apontassem para os rins quando solicitados a identificar o fígado.

Ela chegou à sala de aula usando um traje completo que mapeia todas as partes do corpo com detalhes flagrantes para ensinar aos seus alunos a anatomia humana.

” Eu ensino há 15 anos “, disse Verônica ao Bored Panda. “Ensino ciências naturais e sociais, arte, além de inglês e espanhol. Eu estava navegando na internet quando um anúncio de um maiô no AliExpress apareceu. Sabendo o quão difícil é para as crianças tão jovens visualizarem a disposição dos órgãos internos, pensei que valia a pena tentar. ”

As fotos foram compartilhadas no Twitter pelo marido de Verônica, Michael, que vive no norte da Espanha. O marido orgulhoso teve que mostrar a todos o quão criativo e inspirador alguns professores podem ser.

Ele legendou: “Muito orgulhoso desse vulcão de idéias que tenho a sorte de ter como mulher. Hoje ela explicou o corpo humano.

Verônica diz que está sempre pensando em maneiras de ser criativa com seu ensino, uma vez que as crianças desfrutam de recursos visuais mais do que texto escrito ou palavras faladas.

” Decidi há muito tempo usar disfarces para aulas de história “, disse ela. “Também estou usando coroas de papelão para meus alunos aprenderem categorias gramaticais como substantivos, adjetivos e verbos. Reinos gramaticais diferentes, por assim dizer. ”

Os professores não são meras figuras educacionais que se sentam em salas de aula. São canais de sabedoria e canais de conhecimento inestimável. Ser professor é fazer parte de uma das profissões mais nobres e honradas do mundo.

“Gostaria que a sociedade parasse de considerar os professores como funcionários públicos burocráticos preguiçosos. Certamente não somos ”, ela disse.

Adaptado de Bored Panda

Créditos das imagens: Mike Moratinos / Twitter


Não faça isso se andar de bike

https://youtu.be/u3-GZuU45bE


Homem vai a restaurante e pede, por engano, bife no valor de R$ 4.236

O boxeador aposentado Ricky Hatton, 40 anos, teve dificuldade para digerir o valor da sua comida no último sábado, 24, no famoso balneário de Mykonos, na Grécia. Após uma refeição completa, com entrada, prato principal, suco, vinho e café para encerrar, o britânico foi surpreendido com o valor do bife que acabava de deglutir: 920 euros, o equivalente a R$ 4.236. Ao se dar conta do ocorrido, caiu em lágrimas.

Sem perceber, Ricky tinha saboreado um exclusivo pedaço da carne bovina japonesa Wagyu. Considerado exótico e de sabor inigualável, o corte é conhecido por ser o mais caro do mundo, com o quilo a US$ 1000. Ao ler o cardápio, o ex-boxeador confundiu o nome e não reparou no preço. “Acordei hoje em uma poça de lágrimas. Simplesmente pedi, não olhei”, desabafou o ex-atleta no Instagram.


Reprodução/Instagram

Mas a carne suculenta não foi a única extravagância de Ricky. Durante o banquete de férias com a namorada, ele também pediu uma garrafa do vinho Dom Perignon Brut, de 490 euros, cerca de R$ 2.260. Para acompanhar, o gin escocês Hendricks de 120 euros (R$ 553) e o espumante Prosecco Matiú, de 110 euros (R$ 507). Ao todo, a conta deu 1927 euros (R$ 8.885).

Segundo o portal Mirror UK, Ricky deixou os ringues e se tornou agente de boxeadores. Apesar de questionado, não confirmou em qual restaurante fez a gastança, mas foi visto no luxuoso Nammos, um dos únicos estabelecimentos da região que serve o Kobe Beef, como é conhecido o prato com a carne Wagyu.

Fonte: http://blogs.opovo.com.br/


MOTORISTA BATE NO CARRO DA PM E ACIDENTE VIRALIZA NA INTERNET

A alegria da jovem Carol Antoniete, de 18 anos, pela conquista da tão sonhada carteira de motorista teve seu primeiro momento de tensão na última terça-feira (27) Natural de Franca, no interior de São Paulo, a universitária estava a caminho do campus quando acabou batendo em uma viatura da polícia, após se confundir com os pedais. Ao invés de frear, Carol acelerou e capotou o carro da PM. Apesar da situação pra lá de constrangedora, ninguém se feriu.

Pelos trâmites normais, o caso está sob investigação, sem maiores prejuízos físicos e psicológicos tanto para a motorista como para os dois oficiais que estavam realizando o patrulhamento naquele momento.

Carol usou o Twitter para tranquilizar a família. Claro que a situação, um tanto quanto inusitada, viralizou e ganhou seguidos compartilhamentos nas redes sociais.


Músico está internado devido ereção permanente. Entenda o priapismo

O priapismo é uma ereção involuntária e persistente e pode ocorrer espontaneamente ou devido a certos antidepressivos ou medicamentos para disfunção erétil

Um cantor de jazz está internado há duas semanas em hospital de Berlim (Alemanha) com ereção permanente após receber uma injeção de remédio para disfunção sexual diretamente no pênis.

A injeção foi dada por um enfermeiro com quem Danny Polaris estava se relacionando. Na noite da aplicação, o galês não teve queixas. Mas dois dias depois, Danny acabou internado com dores fortíssimas no pênis. O diagnóstico: quadro severo de priapismo.

Danny decidiu desabafar no Instagram, onde tem 16 mil seguidores, e publicou fotos da sua internação. Ele decidiu expor a sua história para chamar atenção ao priapismo, que pode causar danos irreversíveis ao pênis, e ao uso indiscriminado de remédios para disfunção erétil.

O quadro está evoluindo e Danny deve receber alta nos próximos dias. Para ajudar a pagar a conta da internação, amigos do cantor galês abriram uma conta no site GoFundMe, de financiamento coletivo.

O priapismo é uma ereção involuntária e persistente. Pode ocorrer espontaneamente ou devido a certos antidepressivos ou medicamentos para disfunção erétil.


Pai filma crescimento da filha desde o nascimento até aos 18 anos

[siteorigin_widget class="WP_Widget_Custom_HTML"][/siteorigin_widget]
[siteorigin_widget class="WP_Widget_Media_Video"][/siteorigin_widget]
[siteorigin_widget class="WP_Widget_Media_Video"][/siteorigin_widget]

Ter uma amiga invejosa é muito mais perigoso que ter 10 inimigas

Com os inimigos entramos em guerra, mas podemos até conseguir fazer as pazes, podemos ser atacado por eles, mas esperando por isso, também é mais provável que sejamos capazes de nos defender. A situação muda quando o perigo espreita ao nosso lado, quando as pessoas que consideramos aliadas e em quem confiamos, secretamente abrigam sentimentos negativos. Esses tipos de pessoas são chamados de "frenemy", um termo oxímoro inglês que, nesse caso, indica um amigo invejoso.

 

 

Na vida de uma mulher, um frenemy pode revelar-se em todas as idades, desde a infância até a maturidade, e é aquele tipo de companheiro que, embora afirme ser um amigo, nutre pensamentos que nada têm a ver com respeito ou afeto.

Uma amiga invejosa se coloca ao lado da pessoa que é objeto de seu ciúme, porque a partir dessa posição privilegiada ela pode saber tudo, sofrendo pelo sucesso e desfrutando de uma derrota. O aspecto paradoxal e distorcido do relacionamento com um frenemy é que somente ela está experimentando essa rivalidade mórbida, enquanto a contraparte desavisada a tem em alta consideração.

Além disso, é graças a essa estimativa equivocada que ela pode manipular a fim de desviar escolhas e comportamentos para o epílogo que considera mais vantajoso para si. Na prática, é como se sua infelicidade e vice-versa dependessem da felicidade do amigo.

Por isso, é muito melhor estar cercado por ameaças claras e óbvias, e não por armadilhas escondidas nas sombras, prontas para ferir quando menos se espera. Proteger-se dessas companhias é difícil, mas não impossível, pois, apesar de esconderem seus rostos, não podem esconder sua natureza.

Um frenemy sempre estará mais facilmente presente em momentos de dor, não para nos animar, mas apenas para não perder o espetáculo de ver o amigo sofrer e obter satisfação. Em momentos de felicidade, um amigo invejoso geralmente se torna indetectável, porque ele pode não ser capaz de esconder a raiva que o invade, olhando para aqueles que o rodeiam e estão felizes.

A maneira de ajudar também é um detector eficaz, porque ela sempre direcionada para a escolha menos desejada e eficaz. Pode acontecer com todo mundo de querer estar no lugar dos outros, é uma coisa humana, o importante é admitir isso sem culpa. A honestidade de um amigo que por uma vez sabe dizer "queria estar no seu lugar, te invejo muito" é melhor do que alguém que se mostre tão entusiasmado que pareça quase perturbador.

 

Fonte: OlhaQueVideo