Outro advogado abandona Najila Trindade; vídeo da entrevista ao SBT

Em entrevista exclusiva ao repórter Roberto Cabrini, o advogado de Najila Trindade, modelo que acusa o jogador Neymar de estupro, disse que vai abandonar o caso. "Devo me tirar do processo", afirmou Danilo Garcia. Ao ser questionado se esse era um comunicado oficial, Danilo voltou a afirmar que deixou o caso. "Sim, estou anunciando oficialmente nesta entrevista (...) Não sou mais advogado de Najila", declarou. Ainda durante a entrevista, ele garantiu que não vai voltar atrás na decisão.

Em seguida, Roberto Cabrini telefonou para Najila e perguntou sobre o tablet que, segundo ela, foi roubado. No aparelho, estaria armazenado o vídeo do suposto crime cometido por Neymar. "Invadiram meu apartamento assim quando as coisas deram confusão, entendeu?", explicou ela. Ao ser questionada sobre o "roubo", ela afirmou que não pode acusar ninguém e que está tudo nas mãos de Deus. Assista à entrevista:

 


Ex-advogado de Najila diz ter sido ameaçado pelo pai de Neymar

Ex-advogado de Najila TrindadeJosé Edgard Bueno disse durante conversa com a modelo pelo aplicativo de troca de mensagens WhatsApp que estava sendo ameaçado pelo pai de Neymar, Neymar da Silva Santos. A Record TV revelou a longa troca de mensagens entre os dois.

A conversa começa com o momento em que a modelo revela a suposta agressão do jogador, passando pela estratégia de defesa até o quando o advogado reclama de ter sido ofendido por Najila. Para demonstrar que estava tentando ajudá-la, ele diz: “Estou nesse minuto montando uma carta aberta à mídia em nosso nome e em sua defesa. Pois estamos sendo ameaçados pelo pai do NJ (Neymar Junior)”, escreveu.

A troca de mensagens é a íntegra de um trecho que a TV Globo havia divulgado no início da semana, quando Najila se lamenta por não ter assassinado Neymar. “Tô com raiva, Zé. Eu devia ter matado ele quando tive a chance.”

O advogado tenta acalmá-la e revela um suposto encontro com o lado da acusação. “Mostrei e falei de vídeo e whats. Mas não deixei tirar foto. Eles sabem já de tudo. Só que a arrogância vai acabar com eles. Não faça nada de cabeça quente. Temos um bom caso. Guerra se ganha com estratégia”, escreveu. “Não vai ficar impune. Mas você tem que saber que uma briga dessa demora. Por isso tentei o acordo.”

O escritório de José Edgard Bueno rescindiu com a cliente porque ela alegou aos advogados inicialmente que havia sofrido agressão, mas não estupro. Com o novo advogado, Najila registrou novo boletim de ocorrência e disse ter sido vítima de “estupro” em Paris.

Najila prestou depoimento à Polícia Civil na sexta-feira e afirmou não ter mais a íntegra do vídeo que comprovaria a agressão cometida por Neymar contra ela durante encontro em Paris no último mês. Segundo informações do Jornal Nacional, da TV Globo, a possível vítima do crime explicou que as imagens estavam em um tablet que foi furtado de dentro do seu apartamento na última quinta.

RIC MAIS


Videoclipe protagonizado por mulher que acusou Neymar de estupro bomba no Youtube

 

Gravado em 2017, o clipe de Fogo Cruzado não esperava bombar em 2019 após um escândalo envolvendo o jogador Neymar.

Após ser acusado de ter estuprado uma brasileira na França, a pesquisa pela vítima cresceu. Alguns internautas afirmam que a mulher que foi para Paris encontrar o jogador e foi estuprada é a mesma que protagonizou o clipe Fogo Cruzado, do cantor Zula.


Najila que acusou Neymar de estupro já esfaqueou ex-marido

Jornalismo SBT > Primeiro Impacto

 

A modelo Nájila Trindade, que acusa Neymar de estupro, esfaqueou o ex-marido em 2014, segundo um boletim de ocorrência que a repórter Márcia Dantas teve acesso com exclusividade.

O desentendimento teria ocorrido porque o ex-companheiro queria ir para a balada. No momento em que ele deitou no sofá, Nájila deu uma facada no peito do ex-marido. Ao ver a situação, ela ligou para pedir socorro.

O ex-companheiro da modelo precisou ser socorrido pelos bombeiros e foi encaminhado ao hospital.

Ainda de acordo com a repórter do Primeiro Impacto, um outro boletim de ocorrência contra a modelo foi aberto pelo ex-marido, em 2016, também por agressão. Ele é o pai do filho de Nájila.

Na noite dessa quarta-feira, Nájila conversou com Roberto Cabrini. Em uma entrevista reveladora, Najila reafirmou para o jornalista que foi estuprada e agredida pelo atacante da Seleção Brasileira e disse o motivo pelo qual foi viajar para a capital francesa, com todas as despesas pagas pelo craque.

A modelo contou ainda como está sendo sua rotina em meio a polêmica e como começou a conversar com Neymar.