Após demissões, sindicato dos motoristas discute sobre possível greve