Consumidores que tiveram isenção por 90 dias nas contas de energia agora voltam a pagar