Diretor executivo do aplicativo de vídeo TikTok se demite

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Kevin Mayer disse que sua decisão surge depois de o "contexto político ter mudado drasticamente"

O diretor executivo da TikTok renunciou hoje ao cargo, no momento em que os EUA pressionam o proprietário chinês a vender o popular aplicativo de vídeo, que a Casa Branca diz ser um risco para a segurança nacional.

Numa carta aos funcionários, Kevin Mayer disse que sua decisão surge depois de o “contexto político ter mudado drasticamente” a situação da empresa.

A demissão acontece depois de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter ordenado a proibição do TikTok, a menos que a proprietária, a Bytedance, venda as suas operações nos EUA a uma empresa norte-americana num prazo de 90 dias.

“Fiz uma reflexão significativa sobre o que as mudanças estruturais empresariais exigirão e o que isso significa para o papel global com o qual me comprometi”, escreveu Mayer.

“Neste contexto, e como esperamos chegar a uma resolução muito em breve, é com o coração pesado que gostaria de informar (…) que decidi deixar a empresa”, salientou o ex-executivo da Disney, que assumiu o cargo de diretor executivo do TikTok em maio.

Os EUA aumentaram o escrutínio das empresas de tecnologia chinesas, justificando a ação com preocupações de que possam representar uma ameaça à segurança nacional.

A Bytedance está atualmente em negociações com a Microsoft para que a empresa norte-americana compre as operações da TikTok nos EUA.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Veja também…