Huck recebe Mandetta para discutir aliança na eleição de 2022, diz jornal

A informação foi divulgada nesta 2ª feira (7.dez.2020) pelo jornal Folha de S.Paulo. Eles se reuniram na casa do apresentador no Rio de Janeiro.

A reunião faz parte das articulações de Huck para formar uma aliança de centro-direita para a próxima eleição presidencial.

De acordo com a reportagem, Huck e Mandetta chegaram à conclusão de que as derrotas do PT e do bolsonarismo nas eleições municipais “reforçam o espaço para uma 3ª via”.

Nesse domingo (6.dez), ACM Neto, prefeito de Salvador (BA) e presidente do DEM, partido de Mandetta, disse que a sigla está dividida sobre a estratégia a ser adotada em 2022.

Segundo ele, o DEM cogita apoio aos nomes de Huck, do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), do ex-governador cearense Ciro Gomes (PDT) e até do presidente Jair Bolsonaro.

“O DEM não está fechado com Doria como não está fechado com Huck nem com ninguém. Estamos absolutamente abertos à construção para 2022“, afirmou, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Levantamento da empresa Paraná Pesquisas divulgado na 6ª feira (4.dez) indica que Bolsonaro lidera as intenções de voto na disputa pela Presidência da República em 2022. O chefe do Executivo está na frente em todos os cenários de 1º turno, com percentuais que variam de 32,9% a 35,8%. Eis a íntegra (624 KB).